NatuVidros
(15) 3273-1648 / 3273-2529
vendas@natuvidros.com.br
Vidro Autolimpante

Fabricação

     Para a produção do autolimpante, o float recebe uma película com uma camada com partículas de dióxido de titânio (TiO2). A camada de cobertura age de duas formas: na primeira, quebra as moléculas orgânicas; e, na segunda, elimina a poeira inorgânica.

     A quebra das moléculas orgânicas é feita por meio do processo chamado fotocatalítico. Os raios ultravioleta reagem com a cobertura de dióxido de titânio do vidro autolimpante e desintegram as moléculas à base de carbono, eliminando totalmente a poeira orgânica.

     A segunda parte do processo acontece quando a chuva ou um jato d’água atingem o vidro. Como é um produto hidrofílico (que absorve bem a água), ao invés de formar gotículas, como nos vidros normais, a água se espalha igualmente por toda superfície do vidro autolimpante, levando com ela toda a poeira. Em comparação com os vidros normais, a água também seca muito mais rapidamente e não deixa aquelas tradicionais manchas.

Benefícios

- Aproveita a força dos raios UV e da água da chuva para combater de forma eficiente a sujeira e resíduos;

- Trabalha a favor do meio ambiente, uma vez que evita a utilização intensiva de detergentes poluidores e contribui para diminuir a freqüência de lavagens;

- Economia de tempo e dinheiro.

Aplicações

     O autolimpante é indicado para ser utilizado em janelas e portas de pátios, jardins de inverno, sacadas, fachadas envidraçadas, envidraçamentos suspensos e átrios, mobiliário utilizado em ambientes externos. Ou seja, ele pode ser utilizado em todos os ambientes que sofram a incidência dos raios UV. É adequado para locais altamente poluídos como lugares próximos às áreas industriais e aeroportos.

 

Fonte: Abravidro

 

RUA MARIA DO BOM SUCESSO DE PROENÇA MORAES, 80 - VILA PROGRESSO - ITAPETININGA/SP
(15) 3273-1648  /  3273-2529